quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Roberto Rocha esclarece seu voto a favor do relaxamento da prisão do senador Delcídio Amaral.



Roberto Rocha esclarece seu voto a favor do relaxamento da prisão do senador Delcídio Amaral.

Roberto Rocha: Teria sido muito cômodo votar pela prisão para colher os aplausos da opinião pública.

O senador Roberto Rocha falou sobre o seu voto a favor do relaxamento da prisão do seu coloca de parlamento senador Delcídio Amaral (PT/MS), na sessão de ontem, quinta-feira, 25. A prisão foi decretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O congressista maranhense afirma que não tem motivos para se arrepender do seu voto, pois é o preço que teve de pagar por defender uma convicção. “Teria sido muito cômodo votar pela prisão, para colher os aplausos da opinião pública”, disse em entrevista concedida no seu gabinete ao Blog do Robert Lobato.

Para Roberto Rocha, o próprio  STF terá que relaxar a prisão de Delcídio Amaral, pois não há previsão legal de prisão preventiva para parlamentar no exército do mandato.

“O próprio STF terá que relaxar a prisão, pois não há previsão legal de prisão preventiva para parlamentar em mandato. Entenda que meu voto não tinha o sentido de inocentar o senador Delcídio. Mas ele tem o direito de se defender e ser julgado nas instâncias próprias do Judiciário”, sustenta.

Confira a íntegra da entrevista com o senador Roberto Rocha:

“Não votei em favor de um parlamentar, mas em favor do Parlamento”.

Senador, o senhor votou pelo relaxamento da prisão do senador Delcídio Amaral, acusado de atrapalhar as investigações na Operação Lava-Jato. Por que o senhor tomou essa decisão?

Eu fui o único senador que votou pelo voto aberto e contrário à manutenção da prisão. Sabia o preço que iria pagar por isso, nesses tempos em que se cobra punição severa contra todo tipo de corrupção. Eu também partilho desse sentimento de Justiça mas entendi que precisava demarcar um ponto de defesa do estado de direito e das garantias constitucionais. Em nenhum momento eu julguei os atos do senador Delcídio, que falam por si e merecem o repúdio das pessoas de bem. Mas o que estava em jogo era se o Senado deveria dar ao Supremo a faculdade de interpretar a Constituição de uma forma elástica e inédita, atropelando a letra e o espírito da Lei.

E no seu entendimento o STF feriu a Constituição?

Nessa matéria não há professor. Ela é inédita, não havia precedentes. Não vou me arrogar a confrontar o STF mas penso que é meu dever firmar uma posição em defesa da Constituição que eu jurei defender e manter. E a Constituição no artigo 53, parágrafo 2º diz que, desde a expedição do diploma, os membros do Congresso Nacional não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável. O que estava sendo votado no Senado naquela sessão é se um Senador da República poderia ser alvo de prisão que não fosse flagrante e isso a Constituição diz que não. Nossa democracia se fundamenta sobre o Estado de Direito, em que as leis determinam nossas condutas e a Constituição é a Lei Maior. Se começamos a não respeitá-la, onde iremos parar? Todos queremos justiça, mas ela não pode ser a qualquer preço. Ninguém está acima da lei, seja deputado ou senador, mas essa prerrogativa foi estabelecida para preservar o respeito ao mandato, que na democracia representa a vontade popular.

O senhor está sendo duramente criticado por essa decisão. Se arrepende do voto?

Claro que não. É o preço que terei que pagar por defender uma convicção. Teria sido muito cômodo votar pela prisão para colher os aplausos da opinião pública. Mas eu penso que é dever de qualquer parlamentar enfrentar de peito aberto as questões espinhosas que o mandato impõe. Sabe o que vai acontecer? O próprio STF terá que relaxar a prisão, pois não há previsão legal de prisão preventiva para parlamentar em mandato. Entenda que meu voto não tinha o sentido de inocentar o senador Delcídio. Mas ele tem o direito de se defender e ser julgado nas instâncias próprias do Judiciário. E isso irá acontecer em qualquer cenário, estando ele preso ou não.

Mas nas redes sociais o entendimento é de que você protegeu um bandido

Não sou juiz da consciência de ninguém. Essa é uma visão completamente errada, mas entendo que é fruto de uma demanda social por decência na vida pública. Eu não votei em favor de um parlamentar, mas em favor do Parlamento. Que a Justiça cumpra seu rito e puna os criminosos, seja quem for.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Rubens Japonês e recebido pelo vice-governador Carlos Brandão!



Rubens Japonês é recebido pelo vice-governador Carlos Brandão! 


O espírito de trabalho e o desejo de tirar Alto Parnaíba do isolamento fizeram com que o agricultor Rubens Japonês procurasse na manhã de terça-feira (24), o vice-governador Carlos Brandão para uma conversa franca e amigável.

No encontro que aconteceu na casa oficial do vice-governador o assunto principal foi à recuperação da MA 006 que liga Alto Parnaíba a Balsas que encontra em estado crítico desde 2010. Segundo o Dr. Conrado Junior que acompanhava o agricultor, a reunião foi muito proveitosa e poderá trazer novidades urgentes para a nossa cidade. Conrado informou ainda que Rubens em breve retorna a Alto Parnaíba para se reunir com agricultores e, em seguida serem atendidos em audiência pelo governador Flávio Dino.

Outro ponto abordado nesta reunião foi eleição de 2016, que já tem oficializado as pré-candidaturas de Rubens para o cargo de prefeito e Conrado Junior como vice.

Rubens que há anos vem plantando e colhendo em Alto Parnaíba já se sente parte deste povo e reconhece que através da política poderá fazer muito por nossa cidade, este costuma dizer que seu tempo é muito resumido e que possui apenas um CPF, mas a coragem e vontade de trabalhar sempre lhe acompanham.

Desta forma fica evidente que independentemente de cargo político Rubens não cruza os braços e já busca melhorias para a nossa terra.  

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Vem aí a segunda edição do “Destaque do Ano.”



Vem aí a segunda edição do “Destaque do Ano.”

Mais uma vez os blogs: Folha Mistura Total, Smith Rosa e Carlos Biah, estarão conferindo título de reconhecimento a dez personalidades alto-parnaibanas que receberam votos em pesquisa por suas performances. 

Uma equipe de entrevistadoras já esta fechando seus afazeres onde busca dados diretores de empresas ou pessoas que se destacaram de alguma forma ao longo deste ano de 2015. Essa importante honraria é uma forma de valorizar e reconhecer os agraciados por serem benfeitores e impulsionadores do desenvolvimento em nosso município. Trabalhamos nessa mesma perspectiva, com ações que contribuem para o desenvolvimento, para continuar fazendo de Alto Parnaíba uma cidade digna para trabalhar e viver. 

Neste segundo ano serão selecionadas 10 personalidades para receberem o título de Destaque do Ano de 2015. O evento acontecerá às 20 horas, do dia 12 de dezembro, no Restaurante Fronteira, o homenageado terá direito a convidar (07) sete pessoas para um jantar que será oferecido logo após a  solenidade de premiação. 

Nós, blogueiros que diariamente estamos levando informações de nossa cidade para o mundo a fora, não podemos também deixar de agraciar as pessoas que contribuem ou contribuíram para o engrandecimento do nosso município neste ano de 2015.

 Desta forma esperamos que os nossos convidados se fizessem presentes e recebam os nossos reconhecimentos, assim aprimorando ainda mais suas atividades e engrandecendo a nossa terra com as suas atividades. Estas são aspirações dos blogs que acreditam em suas potencialidades e em um amanhã cada vez melhor.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

O blogueiro ÍTALO DINIZ acaba de ser assassinado.

O blogueiro ÍTALO DINIZ acaba de ser  assassinado.

Do blog Luis Cardoso.

O blogueiro Ítalo Diniz foi assassinado agora no início da noite em plena avenida da cidade de Governador Nunes Freire. Informações dão conta que ele estaria bem perto da entrada de sua casa quando dois motoqueiros passaram no local e atiraram contra o blogueiro.

Neste momento várias pessoas lotam o hospital onde permanece o corpo. Até agora os motivos não foram revelados. Dezenas de pessoas lamentam sua morte nas redes sociais, prova de que era muito querido na cidade e região.

Constantemente por causa de suas denúncias, Ítalo, como era mais conhecido, sofria ameaças de morte. A primeira foi pelo prefeito de Nunes Freire em 2012.
A segunda foi por um guarda municipal dentro da Câmara Municipal de vereadores. Em todos os casos ele denunciava as ameaças e sempre fazia os registros de Boletim de Ocorrência.


Mais uma vez o Maranhão entra para a história de forma negativa pela morte de mais um blogueiro.

A última postagem do jovem blogueiro foi ás 16h58 desta sexta-feira, 13.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Nova central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas é inaugurada em Alto Parnaíba MA.



Nova central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas é inaugurada em Alto Parnaíba MA.

Unidade receberá cerca de 500 toneladas de embalagens por ano.



Central Alto Parnaíba MA.
A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão cedeu uma autorização ambiental para o início das operações da central de recebimento de embalagens vazias de agroquímicos em Alto Parnaíba, no Maranhão. A expectativa é que a permissão, válida por 90 dias, seja instituída em caráter definitivo após o período.

O local foi construído pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) para dar destinação ambientalmente correta às embalagens vazias de defensivos agrícolas – reciclagem ou incineração – e será administrado pelo instituto. As devoluções deverão ser marcadas exclusivamente pelo Agendamento Eletrônico de Devolução de Embalagens Vazias (adEV) por meio do site http://www.inpev.org.br/agendamento/Page/home.aspx Cesar Augusto Santana, gerente da unidade, estima que o local receberá cerca de 500 toneladas de vasilhames por ano.

Produtor Elmer Marlow com o Gerente Gutto Santana fazendo a primeira devolução de embalagens.
A Central de Alto Parnaíba fica na rodovia MA – 006, KM 01 na Gleba Brejo da Prata (no sentido Balsas), e entrou em funcionamento neste ultimo  dia 09. A unidade atenderá às cidades de Alto Parnaíba e Tasso Fragoso, no Maranhão, e Santa Filomena, no Piauí, de segunda a sexta, das 7h às 12 e 13h12 às 17h.


Sobre o inpEV

O inpEV é uma entidade sem fins lucrativos criada pela indústria fabricante de agrotóxicos para realizar a gestão pós-consumo das embalagens vazias de seus produtos de acordo com a Lei Federal nº 9.974/2000 e o Decreto Federal nº 4.074/2002. A legislação atribui a cada elo da cadeia (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) responsabilidades compartilhadas que possibilitam o funcionamento do Sistema Campo Limpo.

O instituto foi fundado em 14 de dezembro de 2001 e entrou em funcionamento em março de 2002. Atualmente, possui 100 empresas e nove entidades em seu quadro associativo.

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site www.inpev.org.br, no Facebook, Youtube e Instagram.